quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Restaurantes - Palmeira

Ainda sobre estas férias passadas, durante a primeira semana, tivemos na terrinha da minha mãe, em Bordonhos (São Pedro do Sul), um local que recomendo vivamente a passar uns dias. Quem possa, que fique hospedado nas termas, que não se irá arrepender.

Mas pronto, durante essa semana, um primo meu, o Sergito propôs juntar a família toda da parte do pai, que incluía a minha família a ir jantar num restaurante onde ele tinha fica maravilhado com o serviço. Esse restaurante chama-se "Palmeira" e fica na estrada que vai de São Pedro do Sul para Viseu, na zona de Bodiosa/Oliveira de Baixo. Atenção, não confundir com o restaurante "A Palmeira" que fica em Vouzela. No Google Maps, actualmente só aparece esse, por isso sigam as instruções de Bodiosa e não do restaurante. Vou pedir ao restaurante que adicione este ponto de interesse no mapa, mas pode demorar.

E então o que é que o restaurante tinha de tão especial?
Para já, remodelaram as instalações, ficando com um local interior muito agradável e confortável, tendo também uma esplanada (que não experimentei) que nos pede para nos sentarmos e ficarmos horas na palheta.
Depois, em relação à comida propriamente dita, começamos pelas entradas que iam desde o melão com presunto, salgados de várias espécies, queijos, até aos mini pratos com feijoadas, dobradas, feijoada de marisco, e todo o tipo de pratos "pesados" que nos possamos lembrar. Calma, só estamos nas entradas. Seguidamente vem a sopa e depois grelhados mistos, onde comprovo que foram grelhados na hora. Os grelhados eram acompanhados com arroz e também tínhamos na mesa uma travessa com uma espécie de feijoada, mas sem a carne (uma vez que já estávamos a comer a carne grelhada)

As bebidas eram à descrição, mas destaco aqui o vinho verde branco da casa que estava divinal.

Com a barriga bem cheia preparem-se para aquilo que motivou o meu primo a propor-nos ir lá. As sobremesas.
Sem pedirmos nada, trazem as sobremesas inteiras para a mesa. Isso mesmo, inteiras. Bolos brigadeiros inteiros, bolos de bolacha inteiros, pudins, molotofs, Cheesecakes. Tudo inteiro, e tirávamos o que quiséssemos até ficarmos satisfeitos.

Bom, o nosso grupo era grande, mas deu para ver nas outras mesas que eles fazem isso com todos os clientes, mesmo para um casal (óbvio que não põem lá 6 ou 7 bolos inteiros para um casal, mas chegam a por 2 ou 3 inteiros)

Finalmente cafesinho e estamos atestados para um mês. Preço? ahah, isso agora quando lerem dá vontade de ir lá a correr. 12.5 € por pessoa. Não me enganei, um casal paga 25 € para ter direito ao que descrevi antes.

Se for um grupo grande, compensa mais ir lá do que ir a qualquer chimarrão daqui de Lisboa.

Há no entanto uma coisa que me intriga, e que não cheguei a perguntar lá que é, o que fazem aos restos de bolos que sobram, uma vez que os clientes recebem-nos sempre inteiros? Ou quase sempre, o que já descobri foi que se de um bolo inteiro sobrar mais de metade, então o restaurante parte com jeitinho de forma a que fique metade certa, e usa essa metade também para por nas mesas. Ou seja, tanto podemos receber bolos inteiros como metades, mas são raras as metades.
Agora em relação aos bolos que não ficam com mais de metade, o que acontece aos mesmos? Talvez o restaurante veja este post e nos responda por comentário, ou talvez um vós meus leitores saiba a resposta. Fico a aguardar.

Em relação ao restaurante:
Já disse tudo o que tinha a dizer e se virem a classificação em baixo, poderão confirmar.

Especialidades:
Carnes Grelhadas, Feijoadas variadas, Sobremesas variadas

Qualidade (0 - Pior Qualidade; 5 - Melhor Qualidade): 5
Quantidade (0 - Menor Quantidade; 5 - Maior Quantidade): 5
Preço (0 - Barato; 5 - Caro): 0

Infos:

Restaurante "A Palmeira"
Localização "Google Maps"

PS1: Só para finalizar, esta é a melhor pontuação que dei até hoje nos restaurantes que descrevi aqui.
PS2: Não comam nesse dia até lá chegarem.
Enviar um comentário