segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Natal 2010 - Alentejo, dia de Natal

O dia de Natal, também foi muito engraçado. Logo de manhã, a partir das 9:30, 10:00 já havia vários tipos de queijos alentejanos (secos, meia cura, frescos, requeijão), paios de várias qualidades e claro, a famosa linguiça assada. Ah pois é, logo pela manhã. Quem conseguisse, bem que podia atacar. Eu, pessoalmente não consegui pegar nisso, fiquei-me por uma fatia de bolo seco com uma fatia de requeijão em cima. E bebi café com leite enquanto que os outros já mais habituados lá se foram ao vinho. Eu preferi aguardar pelo almoço.

Durante a manhã, não se fez nada de especial. O meu Irmão e a Anabela foram dar uma voltita a pé, para espairecer e conhecer a aldeia. Nós fomos um pouco mais tarde à procura de um café aberto no dia de Natal. Parece que lá na aldeia, o "Algarvio" é o que está aberto a toda a hora. O"Algarvio" não é o nome do café, mas sim o nome que dão ao homem que lá trabalha, e trata-se de uma das muitas tasquinhas que existem por lá, mas que tem café. Tivemos lá um pouco, fomos fazendo tempo até chegar o almoço. O meu pai foi com o meu sogro dar uma volta pela aldeia também e nós ficamos mesmo por casa que estava frio.

O almoço foi peru assado no forno que a minha mãe trouxe, frango assado no forno também, e a minha sogra fez ensopado de borrego à espanhola. Isto tudo para 15 pessoas. Voltamos a dar-lhe no vinho, e nos doces que já referi no post anterior. Haviam também por lá restos de marisco que se foram comendo. Bebidas para ali, bebidas para aqui, conversas para ali, conversas para aqui, o tempo foi passando. Fomos a outro café que abriu à tarde, beber um cafézito e uns digestivos e pronto. Já no final da tarde, os meus pais foram embora, a minha mãe estava com uma gripe de todo o tamanho e o meu irmão ia ter visitas em casa no dia seguinte.

Foram-se embora e nós fomos para a casa do povo continuar a emborcar. Bom, eu desta vez soube controlar-me. Já o meu cunhado, vai lá vai, apanhou uma tosga que só visto! Passamos o resto da tarde e noite a rir. Todos os homens com uma grande bezana, a descascar gambas congeladas para serem posteriormente fritas e servidas para o Jantar. Basicamente o descascar ficou pela conta dos bêbedos, e a fritura e tempero ficou apenas um responsável porque era o que tinha mais jeito para a coisa. Um dos tios da Raquel (Zé) que muito jeito para gambas fritas.

Lá comemos as gambas completamente embriagados. Não havia espaço no estômago, mas todos insistiam. Eu bebi o meu último copo de vinho nessa refeição, onde senti que pelo estômago já não podia beber mais. Nunca me senti enjoado do alcóol, mas tinha a noção de que se bebesse mais um pouco, ia visitar o senhor Gregório. Assim, optei por dar descanso. Mais uma vez fomos para o café, desta vez para umas jogadas de matrecos. Eu e o Toino (o meu cunhado) contra o meu Sogro e irmão gémeo. Grande cabazada lhes demos, mesmo com o Toino todo derreado, em 5 jogos que fizemos, ganhámos 5, lol. Eu que não jogo assim tanto matrecos, apesar de até gostar, marquei mais golos que sei lá...

Foi-se fazendo noite, o Toino continuava com uma bezana e nós só riamos com palhaçadas que ele e o meu sogro faziam. De palhaçadas entendam-se coisas que só bêbedos mesmo faziam. Enfim, um fartote!

E este foi o dia de Natal, Domingo ainda almoçamos por lá, e tivemos que voltar para o ritmo habitual das nossas vidas.

Um Natal para não esquecer...

Natal 2010 - Alentejo

E pronto, já se foi mais um Natal. Muita comida, muita bebida, muita brincadeira, enfim. O Natal típico lá do Alentejo.

Sexta-Feira jantamos no chamado Casão da casa dos meus sogros. Lá chamam de casão a uma garagem. Como éramos muitos, não cabíamos na cozinha. E como desta vez, os meus pais e o meu irmão e a Anabela foram lá passar o Natal connosco, ainda precisamos de mais espaço. Basicamente o Natal foi passado com os meus sogros, cunhada Odete e família, 2 tias da Raquel e maridos, e como já disse, os meus pais, o meu irmão e a Anabela.
Normalmente, o jantar lá não tem nenhum prato típico, a única coisa que é típica é a convivência das pessoas. Contam-se estórias de brincadeiras que se passaram há uns tempos, dão-se umas gargalhadas e pronto.
Mas posso dizer então o que tínhamos para comer. Jantámos arroz de Marisco, ou será que foi Marisco com uma pitada de arroz? Se calhar foi mais isso :) como foi feito pelo meu cunhado António, normalmente só se vê marisco, o resto é só para enfeitar eheh. E também comemos carne de porco assada com castanhas, prato este providenciado pela minha rica Maria que também estava uma categoria. Essas guarnições foram acompanhadas por 2 ou 3 tipos de vinho, um dos quais quero salientar, até para não me esquecer do Nome. Um vinho Lambrusco tinto. Lambrusco não é a marca, mas sim um tipo de vinho. Trata-se de um vinho italiano gasoso ou frisante (como preferirem), com pouco grau de alcóol (8%), mas que é muito gostoso. Quem gostar de sangria e de bebidas gasosas, bebe muito bem este vinho. Os outros vinhos também não eram maus, mas este era uma categoria.

Depois do jantar, lá tínhamos os doces. Também se pode dizer que não há muita tradição relativa aos doces, desde que haja doces é o que interessa. Os doces que lá estavam típicos do Natal em Moura eram basicamente as azevias de grão,batata doce e gila, os chamados borrachos, que cá chamamos de cuscurões, e umas florzinhas que são feitas com a mesma massa dos borrachos, mas que ficam com o formato de flor.
No entanto, além destes doces, tínhamos outra mesa cheia de outros doces não típicos, mas que a malta mais nova resolveu fazer/comprar para termos uma mesa recheada. Então vou fazer uma listinha:

Tarte de amêndoa (Raquel, caseiro)
Mousse de Chocolate caseira (Raquel, caseiro)
Doce de Natas com café (Raquel, caseiro)
Broas Castelares (Raquel, compra)
Arroz doce (Igor, caseiro)
Pudim de Ovos (Anabela, caseiro)
Bolo de chocolate com Noz (Odete, compra)
Brigadeiro (Odete, compra)
Tronco de Natal (Sofia, compra)
Aletria (Mãe, caseiro)
Bolo de Bolacha (Sogra, Compra)

E eram capazes de haver mais 2 ou 3 que não estou recordado, sendo que comi mais de Bolo de Bolacha, Tarte de amêndoa e mousse de chocolate.

Esta foi a noite de Natal a nível de comes e bebes. Com o aquecer da noite (vinho) as coisas continuaram a animar, com a Sofia a contar os minutos até à meia noite para receber os presentes, e o Guilherme a correr pela garagem fora, a sujar-se todo quando se enroscava no carro dos meus cunhados, enfim. Era Natal. Chegamos à meia noite, foram distribuídas as prendas, o Guilherme nem sabia em qual pegar. Nós (pais) ficamos muito contentes, porque desta vez o nosso filhote adorou as duas prendas que lhe demos. Um Helicóptero do Mickey e o Manny Mãozinhas. Neste momento não larga o Manny Mãozinhas e as suas ferramentas. Que alegria!

E esta foi a noite de Natal, escrevo já de seguida o Dia de Natal, mas fica noutro post para este não ficar tão grande assim.

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

UAL e a caloirada, belos tempos

Não sei porquê, começei a lembrar-me de coisas que se passaram na faculdade. Belos tempos, enquanto eram festas de caloiros, claro. Recordo-me de N canções que fomos "obrigados" a cantar e que "obrigamos" a cantar também. Com isto, lembrei-me de inserir aqui uma. Talvez ainda venha a inserir todas as outras que ainda me lembro, simplesmente para nunca mais me esquecer delas.
Então, para começar fica a letra da música que originalmente é da Ágata, não sei o nome original da música, vou googlar.......já googlei e parece que a música se chama "Perfume de mulher" que está no album que curiosamente se chama "perfume de mulher". Para mais informações dessa "diva" de música Pimba, vão por exemplo ao Wikipédia

Segue então a letra traduzida para caloiros, de reparar que há palavras cortadas, mas que penso que se entendam perfeitamente para não ferir pessoal.

Eu, já desconfiava
que me corneavas com um gajo rico,
pois, quando queria co**
doía-te a mona, ou estavas com o "chico"

Tu, meu coirão barato
minha co** a jacto, putéfia de outrora.
Não, não tens mais perdão,
se eu sou cab**o, tu és uma vaca.

Por isso sai, sai e faz-te à vida.
Sai, tu vai-te esconder.
Sai, não dês mais trabalho,
vai mamar car****s tu vai-te é f**er!

E C'est fini! Outro dia insiro outra...

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Restaurantes - A Quinta do Ti Alberto

Este fim de semana, o meu avô Leopoldino fez 81 anos. Isso mesmo! Fomos todos almoçar fora para comemorar esta data tão importante. De todos refiro-me a 3 dos 4 filhos e conjuges, 6 dos 7 netos e conjuges e o seu bisneto Guilherme.
Fomos almoçar a um restaurante onde de vez em quando lá vou também, mas que ainda não o tinha inserido aqui no blog. O restaurante chama-se "A Quinta do Ti Alberto", fica à entrada de Vialonga (Verdelha do Ruivo), para quem vem de Alverca. Assim que chegamos à primeira rotunda, viramos à direita e subimos tudo até ao fim da estrada, onde passamos pelo meio de uma aldeia e depois achamos o restaurante. Enfim, em baixo estará o link com a localização do restaurante.

Antigamente esse restaurante era uma casita pequena onde cabiam cerca de 30 pessoas, sendo que haviam filas todos os dias, principalmente ao Domingo que se chegava a ver filas para entrar de 15 a 20 metros, sem exagero. Isto tudo para quê? Simplesmente para comer o famoso pato assado no forno com laranja. Esse pato era estupidamente espetacular, pele muito estaladiça, e um segredo qualquer no molho.
Então, com esta especialidade e com as filas, lá o Ti Alberto conseguiu juntar uns trocos e fez um restaurante bem maior, com capacidade para casamentos, um parque de estacionamento à maneira, e onde ainda têm o seu pato, mas que para quem conhecia o antigo, percebe perfeitamente que já não é o que era. No entanto, para quem não conheceu o antigo, vai gostar na mesma deste. Continua bom, mas não tão bom.

Hoje em dia, já vou escolhendo entre umas espetadas que eles têm também muito boas, ou o pato. Neste fim de semana, optei pelo pato novamente.

Em relação ao restaurante:

Aqui fazemos tudo aquilo que você necessite...
Casamentos, baptizados, reuniões etc...

Especialidades:
Cozido à Portuguesa, Espetadas, Pato no forno, Polvo à Lagareiro

Qualidade (0 - Pior Qualidade; 5 - Melhor Qualidade): 4+
Quantidade (0 - Menor Quantidade; 5 - Maior Quantidade): 4
Preço (0 - Barato; 5 - Caro): 3+

Infos:

Localização "Google Maps"

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Vai lá tu!

Não sei o que se passa comigo, mas ultimamente, das duas 3. Ou tenho andado com o sono bem mais pesado ou é a minha Maria que tem sonhado coisas.

Mas ainda de explicar porquê, dou um exemplo normal do dia-a-dia, ou melhor noite-a-noite.
Hoje durante a noite fui duas vezes acudir o meu pequeno que tinha perdido a chucha. Normalmente vou porque a Raquel acorda-me com um pontapé ou qualquer coisa assim agressiva, caso contrário não consigo acordar. No entanto, sei que oiço lá bem ao fundo o Guilherme a chorar, mas é bem ao fundo. Ou seja, se eu acordar por mim sem a ajuda da Raquel, o que vai acontecer é eu ir acudir o menino, mas ele de tanto esperar, já vai estar tão acordado que tenho de o levar para a nossa cama e já vai custar a adormece-lo.

Agora, o que tem acontecido ultimamente é que eu não o oiço nem lá ao fundo nem nada. Ou seja, é mesmo a Raquel a chamar-me. Lá está, hoje a primeira vez que fui lá acudi-lo, sentido um pontapé seguido da famosa frase "Vai lá tu!", pensava que eu tinha sido o primeiro nessa noite e não disse nada. Da segunda vez que ela me chamou ("Vai lá tu"!), eu disse "Já lá fui mesmo à pouco" ao que ela me respondeu "também eu". Eu pensei "Ui! não ouvi nada". E isto já se passa há umas noites seguidas. Estarei assim tão cansado? O trabalho nem tem sido dos piores ultimamente. Será o corpo a pedir férias? Na realidade durante o dia estou bem, e mesmo à noite não me sinto assim tão mal. Ou será que é a Raquel que sonha ter lá ido e afinal não vai? Isso acho que não, ela realmente tem andado muito cansada, o que se começa a tornar um hábito, temos de ver o que se passa com ela...mas isso é outro assunto.

Talvez eu esteja a precisar de relaxar, de me distrair. Acredito que o Natal e talvez a passagem de ano me venham fazer bem, mas realmente estou a estranhar estes últimos acontecimentos.

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Passagem de Ano

Estamos à procura de um local para festejar a passagem de ano. Já andamos pela net à procura, mas tudo o que achamos é demasiado caro. Alguém sugere alguma coisa? Temos algumas ideias, mas ainda nada em concreto.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Que fim de semana!

Este foi um fim de semana complicado. Não consegui fazer nada do que queria. Sábado queria ir à Decathlon comprar umas prenditas que me tinha lembrado, e o que aconteceu foi acordar a meio da manhã e quando já estava despachado das tarefas matinais (minhas, esposa e pequeno) já era quase hora de almoço.
Assim, fomos dar só um salto a Alverca apanhar um pouco de ar, beber um cafésito e pronto, são horas de almoço.
Depois de almoço, aproveitamos a sesta do Guilherme para ir ao Aki ver de lâmpadas de Natal e de alcatifas. Fomos a casa, e ao fim de pouco tempo, fomos buscar o pequeno para irmos jantar à Baixa da Banheira. Fomos ficando, ficando e pronto, Decathlon foi-se.

Domingo, uma vez que estava um belo dia, quis ir fazer uma caminhada com o pequeno e Maria a Alhandra. Ele que gosta tanto de rua, ontem não queria nem ir ao chão, nem estar ao meu colo. Só queria o colo da mãe. A mãe anda cansada, e já não pode com ele. Ao mesmo tempo, dizia-me que o pequeno devia vestir um blusão, quando eu sabia que ele iria suar porque estava sol quente. Depois também dizia que ele devia por um gorro na cabeça, onde de facto o que lhe estava a faltar era um boné porque estava muito sol. E depois de muito ouvir dos dois, acabei por perder a paciência e fomos para casa. Só saímos no final do dia para fazer umas compras de urgência (coisas que faltavam para jantar), e andei irritado o dia todo.

Para terminar em beleza e, para dizer a verdade, até foi bem feito para mim, o Guilherme acordou N vezes durante a noite a chorar desalmadamente. Fiquei a pensar se a culpa não teria sido minha. Será que ele sentiu o meu mau humor e ficou também stressado? Tenho de ter mais cuidado com estas coisas.

Enfim, foi um fim de semana daqueles. Espero que o feriado que se aproxima seja melhor, e que eu esteja mais calmito. Ando com um estado de ansiedade, parece que me falta alguma coisa, não sei bem o quê.
Financeiramente andamos um pouco apertados, e ainda não vi sinais do subsídio de Natal. Será por isso? Bom, independentemente do que seja, tenho de ter mais calma.

E pronto, já desabafei.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Honda - revisão dos 120000 Kms

Hoje deixei o meu subsídio de Natal (que ainda não recebi) numa oficina, para pagar a revisão da carrinha, instalação de 2 pneus, 2 discos novos e 4 pastilhas.
Que belo presente este! Enfim, não posso dizer que veio numa má altura, porque todas as alturas para pagar estas coisas são sempre más.

E é assim, a minha carrinha atingiu os 120.000 Kms, e até agora não tenho razões de queixa. Se não ganhar o Euromilhões até lá, daqui a outros 120.000 ainda a terei, se não, não tinha comprado a Diesel, não compensava.

Agora, se alguém tiver interessado em oferecer-me um carro novo, de preferência Jipe (Audi, VW ou Porche, sim sou exigente mas quando é para pedir....) também aceito de boa vontade. Jipe porque o meu grande Guilherme ainda requer muita mercadoria para viagens, mas não é só por isso. É que agora estou com a pancada dos jipes, pronto.

Anyway, tudo isto apenas para deixar aqui esta recordação tão "maravilhosa".

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Restaurantes - A roda do Tacho

Este Sábado fomos jantar a um restaurante de nome "A roda do Tacho" que fica em Vialonga (na zona nova).
Esse restaurante tem 3 tipos de refeições:
À la carte onde não reparei nos preços, prato cheio que custava 6€, e buffet livre onde podíamos repetir as vezes que quiséssemos (10 €).
Assim, à primeira vista achei baratíssimo. Optamos por prato cheio, pois não estávamos assim tão esfomeados.
Então haviam 4 ou 5 pratos à nossa escolha onde podíamos tirar um pouco de cada até encher o prato. Cada um enche o prato como quiser, claro. Com o sem cagúlo :)
Quanto à qualidade, não era nada má! Temos ali um bom candidato para visitarmos com mais frequência.
Antes dos pratos, ainda atacamos umas entradas. Para acompanhar, bebemos um Mateus e comemos 2 sobremesas e pronto. Estas últimas coisas, principalmente o vinho, vieram encarecer um pouco a conta,
mas de qualquer das formas recomenda-se vivamente que experimentem.

Em relação ao restaurante:

Restaurante com diversidade de refeições.

Especialidades:
Peixe: Nenhuma em especial. São todas razoáveis
Carne: Nenhuma em especial. São todas razoáveis

Qualidade (0 - Pior Qualidade; 5 - Melhor Qualidade): 3+
Quantidade (0 - Menor Quantidade; 5 - Maior Quantidade): 5
Preço (0 - Barato; 5 - Caro): 2

Infos:
Restaurante "A roda do tacho"
Localização "Google Maps"

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Que boa Surpresa!

Esta Quarta-Feira, estava eu a sair da sala do ginásio onde faço a aula de Indoor Cycling, quando vejo ao fundo do corredor a minha querida esposa e ao lado o meu pequeno grande filhote. Não estava nada à espera. E mal ele me viu, veio ter comigo e colou-se assim com alguma vergonha das outras pessoas que estavam por ali. Até o Tony (instrutor da aula) ficou admirado pelo tamanho dele.

Tem quase 1 metro de altura, com quase 18 Kgs em 2 anos de vida. É pura e simplesmente o orgulho do papá.

Não costumo gostar de surpresas, gosto de ter as coisas planeadas, chegar aos sítios e já ter uma ideia do que vou ver, no que diz respeito a surpresas de presentes, não gosto de receber coisas valiosas porque a que eu queria era sempre a outra marca, mas no que toca ao meu filho é sempre agradável estas coisas.

Minha querida esposa, faz mais destas please....

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Google Impressiona!

A Google mais uma vez consegue impressionar o mundo. Então não é que andaram vários carros deles sozinhos pelos Estados Unidos? Isso mesmo, sem condutores!! Bom, tinham um gajo dentro do carro, não fosse alguma coisa correr mal. Mas parece que não correu mal. No entanto, não deixa de ser uma inovação que surpreendeu muita gente!!
Percorreram pouco mais de 200.000 Kms pelos Estados Unidos.

Isto é que é mesmo caso para dizer "Xissa Penico!"

Fiquem com a notícia na íntegra no Blog da Google

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Feliz aniversário Filho!

Ontem não consegui ter nem tempo nem imaginação para escrever seja o que for. Temos andado tão atarefados que nem sequer no blog pegamos. Enfim, mais vale tarde que nunca!

Ontem, deixamos-te de manhã no infantário. Muito feliz, foste ter com os brinquedos que estavam na mesa. Olhavas para nós, não choraste e deixaste-te ficar sem qualquer problema.
Às 12:05 fizeste os teus 2 aninhos. Embora não estivéssemos contigo, só pensamos em ti o tempo todo (como o fazemos todos os dias, mas desta vez ainda mais especial). Recordámos como tinha sido a tua chegada ao nosso mundo.
Só não estiveste connosco neste dia todo, porque precisávamos de preparar as coisas em casa para hoje teres a tua festinha de aniversário com tudo o que tens direito.
Às 16 horas fomos ter contigo ao infantário, assim que nos viste, ficaste tão emocionado que choraste de alegria. Cantámos os parabéns com os teus novos amiguinhos e comeste com eles uma fatia de bolo que a mamã e o avô Gilberto fizeram com muito amor e carinho.
Depois vieste connosco para casa, mostrámos-te o teu vídeo de parabéns no canal Panda e demos-te as nossas prendas. No final do dia, estiveram cá em casa os teus avós Paulino e Lurdes para te dar umas prendas e um beijinho muito grande de parabéns. À noite, os tios António e Alcinda e as primas Marta e Cátia, também te ofereceram uma prenda que adoraste. Actualmente é o teu boneco favorito, o Mickey com o teu tamanho. Nessa noite dormiste com ele bem agarradinho para ele não fugir.

Este foi o resumo do teu dia de aniversário. A festa vai ser hoje por dar mais jeito a todos, uma vez que é feriado. Agora resta-me deixar aqui umas palavritas do papá para recordar e para tu leres quando aprenderes (que já não falta assim tanto).

Filho,
com 2 anos, já sabes tanta coisa. Contar até quase 30, reconhecer muitas cores, muitos nomes de bonecos, enfim, estás um menino muito inteligente que deixa o papá todo orgulhoso e todo babado.
Quero apenas lembrar-te que além de tantas pessoas que te rodeiam e te amam, tens em casa o papá e mamã que te amam muito, estamos e estaremos sempre presentes para ti, podes ter a certeza que por mais grandes amigos que tenhas, não irás ter melhores amigos que os teus pais. Tudo, mas tudo o que precisares, estaremos lá. Vamos ser as tuas maiores melgas da vida :)

Parabéns filho, mereces toda a felicidade do mundo, desejo do fundo do coração que sejas sempre muito feliz, como tens sido até agora.

Um beijão grande!

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

A minha nova leitura

Encontrei hoje no jornal Ionline um novo blog que é deveras interessante para quem gosta de ir almoçar/jantar fora. Já o adicionei no meu reader e para lá ficará. Basicamente é sobre uma empregada de mesa que conta inúmeras situações passadas com clientes e até nos esclarece com algumas questões.

Ora vão lá dar uma vista de olhos em: pssht..ó menina!

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Alguém me oferece este bixo?

Será que alguma alma caridosa me poderia oferecer este bixo:



Custa apenas Trezentos e qualquer coisa pela Vodafone ou Quinhentos e qualquer coisa desbloqueado. Ou então dêem cá uns pontitos que também aceito de boa vontade :)

Agora a sério, tenho de arranjar maneira de comprar um destes. É pura e simplesmente espetacular. Além de trazer o nosso grande amigo Android! tem umas especificações de hardware de fazer inveja a muitos.

Enfim, é Sony Ericsson e pronto.

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Já nasceu!

"Já nasceu......" Foi assim que recebi a grande notícia!

O meu afilhado finalmente resolveu vir conhecer o papá e a mamã ao vivo e a cores :)

Nasceu esta madrugada às 2:05 com 3,110 Kgs.

Tou desejoso de o ir conhecer. O rapaz estava teimoso em querer vir cá para fora, ainda deu umas doresitas de cabeça aos pais (e padrinhos) nestes últimos dois dias, mas pronto. O que interessa é que já está!

Hoje, em vez de estar ancioso que o dia passe por causa do fim de semana estar a chegar, estou mais ancioso que o dia passe para o ir visitar.

O amor é assim....o que é que se pode fazer? Não se pode resistir.

Bom fim de semana a todos!

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Back to Work

E pronto,

acabaram-se mais umas férias. É sempre assim, quando nos começamos a habituar, é quando elas acabam. Há duas semanas que não tinha de me levantar às 7 da manhã, vestir fatinho e seguir viagem para o destino. Estava a saber tão bem....

Bom, esta semana vem com outras novidades.

O meu filhote vai começar a sua escolinha na Quarta-feira. Vamos ver como vai correr. Vai para uma turma de 17 crianças todos da mesma idade e a começar o infantário também agora. Que loucura vai ser para a Educadora e Auxiliares. A mãe está muito nervosa com o que poderá acontecer. Eu penso mais na positiva, a quantidade de amiguinhos e namoradas que ele vai ganhar. Isso sim :)

O meu afilhado também já está quase a conhecer o nosso mundo. Esta é a sua última semana que pode gozar na barriguita da mamã. Pelo que me dá a entender, ele já está mesmo a querer vir cá para fora, desejoso de ver a cara dos papás. Com as formações que tenho para dar esta semana, e a obrigatoriedade de ficar a ajudar o cliente, espero poder estar presente quando o meu afilhado decidir vir cá para fora. Se não o conseguir, com certeza estarei lá no final do dia, e se não puder vê-lo, ele sabe que está no meu coração.

E é assim, lá tenho de voltar ao trabalho, após este intervalo de.....10 minutos (na hora de almoço).

Nota para mim: Tenho de começar a conseguir vir aqui mais vezes. Faz-me pensar na vida que tenho lá fora (do trabalho) e isso sabe-me bem.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Bob o Construtor

Para quem não sabe, o Guilherme venera o BOB o Construtor
De tal forma que além de saber de cór a música, anda sempre com um boneco que os avós lhe compraram, boneco esse que neste momento, como diz a Raquel, mais parece o BOB o Mineiro do que propriamente o BOB o Construtor, de tal sujo que está.

Vou deixar aqui a letra do Bob cantada pelo Guilherme, e depois um vídeo com a canção já traduzida para quem não conseguiu perceber a letra.

Aqui vai então, para mais tarde recordar:


Eu sou o Bob, o tututor
Eu sou o Bob, tabahador
Tê Cagata, cagadooo
Vam tabamm, enn demooo
E todo junt, é diveiii
Coniii iipa, ai enii

Eu sou o Bob, o tututor
Eu sou o Bob, tabahador
juntanó, eem junt
Emtê nôs, bincamo junt

Eu sou o Bob, o tututor
Eu sou o Bob, tabahador
Eu sou o Bob, o construtor
Eu sou o Bob, trabalhador
Temos lagartas e escavadoras
Vamos ao trabalho, sem demoras
Se todos juntos, é divertido
Contigo na equipa, faz mais sentido

Eu sou o Bob, o contrutor
Eu sou o Bob, trabalhador
junta-te a nós, seremos muitos
Vem ter connosco, brincamos juntos

Eu sou o Bob, o construtor
Eu sou o Bob, trabalhador.

Segue então o vídeo:



segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Saudades!

De repente fiquei cheio de saudades de ver o meu pequeno. Óbvio que tenho saudades dele todos os dias, mas hoje parece que estou a sentir de forma diferente.

Também tenho saudades da minha Maria, mas como vou falando com ela via chat, sempre as vou matando (as saudades :) ).

Como estará ele? Sempre muito feliz, imagino...

Filhote, dei-te tantos beijinhos de manhã e ao fim de umas horitas já tenho tantas saudades tuas!!

Amo-te tanto, meu bebezão!

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Já faz tempo!

Já há algum tempo que não punha cá os coutos no meu blog. Tenho andado ocupado e sem vontade de postar seja o que for.

Vou deixar apenas umas actualizações da minha vida e agregado:

Guilherme
O meu filhote fez a ressonância magnética de rotina (ao fim de um ano de ser operado) e não foram encontrados indícios de pioria ou seja, está tudo bem com ele internamente.
Externamente não podia também estar melhor, o desenvolvimento dele está acima da média, estou muito orgulhoso disso. A cada dia que passa vejo novidades nele. Sabe as músicas dele todas de cór, conhece os desenhos animados dele, inclusive os Simpsons. Sabe responder à sua idade, sabe responder o seu nome (Gui), sabe contar até 12, e finalmente, para satisfação do Padrinho, conhece o Benfica. Enfim, é o meu prodígio.

Raquel
Anda muito satisfeita com o seu blog. Desde que o tem, não quer outra coisa. Até largou os jogos do facebook. :)
Ainda mais, o seu portátil está ubuntado. Com programas bons, gratuitos, sem precisar de antivírus. Até o programa de chat que ela usa, incorpora msn, google talk e facebook. Não precisa de estar com o chrome cheio de janelas, nem de N programas só por causa do chat. Tudo num só. Maravilha.

Eu
Sem nada a acrescentar, farto de aqui estar, desejoso de um novo desafio/projecto que ainda demora a vir. Talvez pró ano, se não sair da TS entretanto. Sim, que nunca se sabe. Estou sempre aberto a novas propostas, além de jogar o Euro milhões todas as semanas :)

Nós todos
Brevemente entraremos de férias, duas semanas. Estou desejoso que cheguem. Vamos ficar por cá mesmo (Portugal), pois a guita já foi toda para a Madeira.

E é isto! Não tenho mais nada para dizer.

Estamos em Agosto, por isso.....boas férias para quem está nelas. Gozem muito que a vida são dois dias.


segunda-feira, 12 de julho de 2010

Aniversário de Casamento


Faz hoje 7 anos que juntei os trapos com a minha querida esposa. É verdade!! 7 anos. Não parece que foi ontem, pois entretanto já tivemos grande acontecimentos na nossa vida, como foi o caso do nosso lindo fruto Guilherme, mas também não parece que tenham passado 7 anos, parece mais 3, 4 vá lá.

Durante estes 7 anos tivemos bons e maus momentos, mais bons que maus (convém). Já passamos por algumas crises como todos os casais, também se não fossem essas crises, um dia que viesse uma crise a sério explodíamos os dois, e queria ver como era.....

Durante todas essas crises, posso afirmar que 95% delas foram causadas por mim, quem me conhece bem sabe disso, tenho um feitio muito esquisito, chateio-me com pouca coisa, enfim. No entanto, a minha querida Maria, além de ser muuuuuuuuuito paciente, tem me ajudado a melhorar esse feitio, via tratamento "choque", no meu caso tem de ser mesmo..... mas ainda tenho muitos pontos por melhorar.

Por esse motivo, quero aqui agradecer à minha fofa, a sua grande dedicação ao nosso casamento, só uma mulher forte, carinhosa e paciente como ela é que seria capaz de me aguentar estes 7 anos.

Bom, agora deixando de lado o meu mau feitio, e mudando ligeiramente de assunto, vou então relembrar um cheirinho do nosso dia de casamento. Aconteceu à 7 anos, estava nervoso como tudo, muito ansioso com a chegada da noiva. Quando chegou, finalmente descansei. Estava linda!
Após cerimónia, lá fomos nós direitos à quinta onde celebramos com toda a nossa família e amigos.
Foi uma tarde espectacular, valeu mesmo a pena. Foi muito bom termos todos de quem gostamos a festejar connosco uma coisa que para nós era muito importante.

Em modo de surpresa para a minha Maria, aqui vai o vídeo com o resumo do nosso casamento:

video

Se alguém que apareceu neste vídeo, não quiser estar exposto, que me avise que eu retirarei de imediato, mas espero que ninguém o faça.

Obrigado, um bem haja a todos.

Para a Raquel:
Amor, foi um casamento espectacular,
se agora pudesse voltar atrás,
pedia-te em casamento mais cedo,
pois sei agora que não consigo viver sem ti.
Não tenho muito jeito para estas coisas,
mas sabes que te amo muito, mais do que alguma vez o amei,
não consigo quantificar o amor que sinto por ti, talvez compara-lo,
posso dizer que o amor que sinto por ti está espelhado no sorriso do nosso filho,
a felicidade dele é tudo aquilo que sinto por ti.

Obrigado por existires para mim,
obrigado por me aturares,
mas acima de tudo,
obrigado por me amares!

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Adeus carro "velho", olá carro "novo"!

Este fim de semana passado, terminou o contrato que tinha com o carro da empresa e, uma vez que quem estava a utiliza-lo era a minha esposa que só precisava dele para fazer 5 kms por dia útil, resolvemos não querer outro da empresa, mas sim o dinheiro equivalente, e nós mesmo compraríamos um mutchibumbo qualquer.
Então, como já disse, este fim de semana lá deixei o carro, e fomos à procura de um chaveco velho, mas velho mesmo!!!
Demos voltas e voltas pelo Distrito de Lisboa, vimos carros completamente enferrujados, carros cujo vendedor queria mostrar e eles não pegavam, lindo!! Nunca me passava pela cabeça comprar um carro que não pegasse quando o vendedor estaria a fazer a sua demonstração. Que vendedores mais desleixados.

Pois é, este fim de semana fizemos à volta de 300 Kms só a procurar carro, e curiosamente, quando já tínhamos desistido da ideia, pelo menos para este fim de semana, acabamos por encontrar um jeitosinho a 1,5 Kms de casa.
Comparando com todos os outros, está excelente, tem umas coisitas que não funcionam (como a buzina) mas nada de grave. Também para um carro com 16 anos, não se pode esperar muito.

Então aqui vão as fotos, não se deixem enganar, sim passamos de cavalo para burro, mas é mesmo assim. O da esquerda era o nosso "velho" de 2007, e o da direita é o nosso "novo" de 1994.





Então ficamos (mais a Raquel que eu) com um Renault Clio 1.2 de 5 portas, com 182.870 kms. Temos ideia de ficar com o carro durante 1 ano, depois trocamos por outro chaveco mais recente (pelo menos com menos 2 anos que este :) ), e por isso, muito provavelmente nem chegamos aos 200.000 Kms.

Agora só resta saber se nos vai dar problemas durante os próximos 365 dias. Esperemos que não....

domingo, 13 de junho de 2010

Viagem à Madeira (actualização)

Aproveito para deixar um link para as fotos que tiramos na Madeira. Atenção que o link vai estar disponível temporariamente, apenas para os leitores darem uma vista de olhos. Quando ficar indisponível, se alguém quiser ter acesso ao mesmo, terá de me pedir.

Aqui vai então o link: Viagem

sábado, 12 de junho de 2010

Viagem à Madeira

Introdução:

Este post é um pequeno diário que quero partilhar convosco, e resume-se na nossa (minha, mulher e filho) viagem à Madeira realizada nesta semana que passou. De seguida passo então a descrever o que foi acontecendo de importante ao longo dos dias.

Dia 4 – Partida:

Fomos rapidamente atendidos no Check-In, tão rápidos que depois tivemos de esperar 2 horas pela entrada no avião. Ainda para mais chegou atrasado meia hora.
Sendo assim, saímos de Lisboa às 18:20 chegando ao aeroporto do Funchal às 20:10.
Durante a viagem de avião, o Guilherme estava eufórico. Correu milhentas vezes o corredor do avião, acordando todos os que tentavam dormir uma sesta. Passava pelas pessoas e tocava-lhes nas mãos apenas para brincar. Queria brincar com todos. Um frenesim!
Na chegada, facilmente requisitamos a nossa bagagem e lá fomos nós em direcção a um Taxista. Parece que por aqui também adoptaram o Mercedes como automóvel preferido pelos Taxistas.
Entramos, e lá fomos em direcção ao Hotel Dorissol Estrelícia. Chegando ao Hotel, deixei 32 € com o Taxista. Xissa Penico! Carote. 20 e poucos Kms e dá esse valor? Enfim, se fosse por transferes tinha sido mais caro. Se bem me recordo ficaria acima dos 40 €.
Chegando ao quarto do Hotel, a minha mulher ficou furibunda com a sua apresentação, pois a foto que tinha visto na Internet dava a impressão de que seria mais espaçoso. Também precisávamos disso mais por causa do Guilherme que precisa de espaço para brincar. Além disso, ela tinha feito a reserva por telefone e referiu várias vezes que deveria ser um quarto espaçoso por causa do menino. Assim, voltou à recepção falou no assunto e fomos trocados para outro hotel ao lado também Dorissol mas Buganvília com um apartotel e obviamente sem se pagar mais por isso. Assim, sim!
Como já era tarde, o restaurante do Hotel já estava fechado, no entanto o resort tem um restaurante à parte aberto até às 3:00 que se chama Fora d'oras. Lá comemos, uma lasanha para desenrascar e matar a fome. Mesmo assim, sem sobremesas, sem álcool e sem café ficou-nos em 30 €. Preço de restaurante de Hotel.

Dia 5 – 1º Dia de Passeio:

Após pequeno-almoço, lá seguimos para o centro do Funchal via autocarro gratuito do hotel, parecíamos uns reformados, mas no poupar é que está o ganho.
Fomos aos postos de informações para pedir precisamente informações sobre visitas turísticas e locais relevantes, e para já, optámos por comprar bilhetes dos autocarros turísticos (24 €) e bilhetes para ir a Porto Santo juntamente com uma excursão à mesma (103 € + 30 €).
Almoçámos num restaurante onde já provámos Espetada Regional (muito gostosa) e Bife Madeira (que um molho Madeira muito bom, com um travo picante). Como entrada comemos um bolo do Caco, não é que tenha sido desilusão, simplesmente pensava ser outra coisa. Pareceu-me um pão ligeiramente diferente do nosso, com manteiga de alho e ponto. Mas pronto, foi o primeiro. Amanhã há mais...
Acompanhado com o Café, pedi um cálice de Vinho da Madeira, cujo empregado perguntou se queria seco ou doce. Escolhi doce, para a próxima escolho seco. Qual será a diferença? Será que o seco é como o vinho que se bebe à refeição? Uma coisa é certa, não saio de cá sem provar o outro.
Tudo ficou-nos em 26 €. Comemos mais, melhor e mais barato que no restaurante de ontem.
Demos uma volta pelas ruas do centro do Funchal, fomos até à Marina onde pedi mais uma bebida típica da Madeira. Nikita, muito bom, leva gelado de limão, um sumo de fruta (penso que ananás) e cerveja. Até a Raquel gostou. Simplesmente fantástico.
Para terminar o dia e porque estávamos os 3 a ficar muito cansados, fomos comprar um franganito assado (e uns acompanhamentos) 11 €, comer no apartotel e prepararmos-nos física e psicologicamente para o dia seguinte.

Dia 6 – 2º Dia de Passeio (Funchal e Câmara de Lobos):

Neste dia resolvemos fazer uma Tour no Funchal. Utilizamos os tais bilhetes dos autocarros turísticos e tentamos ir a alguns locais que estudamos antes. Sim, tentamos porque tivemos alguns contratempos pelo caminho. A primeira paragem foi no jardim Almirante Reis junto ao teleférico. Sim senhor, com umas ondulações engraçadas, next..
Fomos mesmo a pé em direcção ao mercado do lavrador, chegando lá encontrava-se fechado. Abre de segunda a sexta. Faz sentido, no entanto como Madeira é um local tão turístico, sempre pensei que pudesse estar aberto mas enfim, já vimos que podemos ir lá facilmente a pé.
Seguidamente, apanhamos o autocarro com o objectivo de parar junto ao jardim da Quinta da Magnólia. No autocarro, tínhamos uns phones onde íamos ouvindo falar dos locais que passávamos, quando começaram a falar desse local, já nós tínhamos passado da saída e o autocarro não parou. Só nos apercebemos que era necessário tocarmos para o autocarro parar na saída seguinte, quando alguém tocou. Paciência, não deu. De seguida, já sabendo que tínhamos de tocar, tocamos para sair num local onde apanhamos outro autocarro que fazia outra linha, em direcção a Câmara de Lobos.
Lá chegando, conhecemos a vila, cheia de pescadores e bares. Passamos numa rua cheia de bares e homens. Mulheres só se viam algumas turistas, muito engraçado. Almoçamos num snack bar de lá, uma vez que não encontramos nenhum restaurante a preços razoáveis. Ou comíamos um peixinho por 10 € (fora bebidas) que até podia ser bom mas passávamos fome, ou uma sandocha a sério e uma bejeca ou duas. E lá foi, um prego no bolo do caco. Embora seja comida do pobre, não deixou de ser tradicional. Estava simplesmente espectacular. Tinha o prego, um ovo e o tal pão. Esse almoço (2 pregos, uma mini-pizza, uma dose de batatas, 2 bejecas e sumos custou 14 €. No restaurante seria o dobro. Demos lá mais uma voltita e regressamos de autocarro. Uma viagem fenomenal, estradas de excelente qualidade, embora no meio de serras.
Finalmente paramos no Lido, junto às piscinas que a Raquel queria conhecer, demos umas voltas no jardim, tinha um parque infantil para o Guilherme, foi uma alegria para ele.
Continuando a pé em direcção ao hotel, compramos um chapéu para o Guilherme e um boné para mim (10 €).
Tomámos um bom banho e fomos à procura da Janta. Ao sair do Hotel comentei com a Raquel “Olha, o hotel tem um bufé a 15 € por pessoa, queres ficar por aqui ou procuramos outro?” Depois, em decisão conjunta resolvemos ir procurar algo mais barato. Conclusão: NÃO HÁ!! Não há mais barato. Se alguém achar um restaurante cujo prato (ao jantar) custe menos de 8.5 € merece um prémio. Até agora só encontramos um, só que está longe do hotel. Assim, lá jantamos num restaurante um prato normalíssimo com águas e duas saladas de fruta por 33 €.

Dia 7 – 3º Dia de Passeio (Porto Santo):

Levantar às 6:30 da manhã num dia de férias, não dá com nada mas para conseguirmos ir até Porto Santo, tinha mesmo de ser. Só vai um barco por dia que parte às 7:30 da manhã e só regressa às 19:30. São 2 horas e 25 minutos de viagem, ainda é longe.
A ida até ao barco e vinda para o hotel, tinha de ser de táxi. Essas viagens custaram 13 €.
O barco era muito porreiro, tinha sala de cinema, de videojogos e nada mais nada menos do que uma sala para crianças. Que alívio, o Guilherme assim não se iria aborrecer. E bem dito, bem feito. Era uma excelente sala para os miúdos. O Guilherme fez a viagem toda cheio de alegria, quer ida quer volta.
Chegando ao porto, tínhamos um autocarro da excursão à nossa espera, demos a volta à ilha toda para conhecermos os pontos mais importantes da mesma. Depois da excursão fomos à procura de um restaurante para almoçar. Encontramos um a preços bons. A Raquel comeu picadinho, mais um prato típico da madeira, e eu pedi peixe espada preto, outro prato típico da madeira. O prato da Raquel estava muito bom, bem preenchido, já o meu.....também estava bom, mas se tivesse no prato mais 2 postas de peixe iguais à que tinha, ficava melhor, ou seja, passei fome :(
A totalidade do almoço, também não me posso queixar, 19 €.
Mais uma voltinha pela ilha, mais umas brincadeiras com o Guilherme num parque infantil, compramos umas lembranças (13 €) para nós e pronto.
Já do lado da Madeira, o nosso jantar, fomos busca-lo ao pingo-doce. E com uns míseros 5 € fizemos a festa.

Dia 8 – 4º Dia de Passeio (Monte):

Neste dia, fomos conhecer um pouco o interior da Madeira, mais precisamente a aldeia do Monte. Apanhamos um autocarro público (5 €, ida e volta para os dois), que ficava muito mais barato do que ir de táxi ou num qualquer pacote de turismo.
Foi uma viagem curta, mas sempre a subir. Muito bom!
Ao chegar ao Monte com o Guilherme a dormir, fomos em direcção ao teleférico passando por caminhos verdes onde pudemos respirar um ar puro que não se respira em mais lado nenhum. Chegando ao teleférico (25 €), o Guilherme acordou e pôde desfrutar também da vista magnífica enquanto estávamos no teleférico.
Na outra ponta do teleférico, tínhamos o jardim botânico (6 €) onde passamos umas boas horas a correr o mesmo. Milhares de flores, centenas de pássaros, chuchu beleza como dizem os brasileiros.
Já bem depois da hora de almoço, fomos almoçar! E comemos....bolo do caco. É mesmo assim, comer do pobre. Ou se gasta 15 € por pessoa e come-se um prato, ou enche-se a barriga com 2 €.
Com a barriga cheia de pão, fomos até ao local onde estão os famosos carrinhos do monte. São dois senhores que empurram um carrinho onde nós vamos sentados, numa descida bem inclinada. 25 € no nosso caso por sermos 2, o Guilherme ainda não paga. A meio da corrida, estava um fotógrafo, onde no final já tínhamos a foto montada num livro à nossa espera. Se não tivéssemos ficado tão bem, não tinha comprado. Mas lá teve de ser. Mais 10 €. E mais um brinquedo para o Guilherme (5 €).
Voltando para o Centro, passeamos mais um pouco e regressamos ao hotel para as piscinas interiores onde pudemos relaxar os pés cheios de calos, feridas, e bichos mortos agarrados nos pés, lol. Não, era mesmo só descansar. Ah! E uma ferida no pezinho do bebezão, coitadinho. Nada de preocupante, já está a secar. É das sandálias serem novas.

Dia 9 – 5º Dia de Passeio (Madeira):

Neste dia tínhamos planeado apanhar um autocarro regional para Santana, onde poderíamos conhecer a vila das casas triangulares, e também para o Parque temático. No entanto, as voltas foram todas trocadas porque nós, feito preguiçosos (e com razão porque afinal estamos de férias), não acordámos a tempo de apanhar o dito autocarro.
E assim, após o pequeno-almoço resolvemos ir espreitar os preços de aluguer de um carrito. Acabámos por alugar um económico, pois como eu disse à senhora do balcão, só precisávamos de uma caixa com 4 rodas e um volante para andar. 30 € mais cadeira de bebé (6 €) e lá fomos nós à aventura. Achamos melhor comprar também um mapa da madeira (8 €), não fossemos nós perdermos-nos no meio do mato.
Enchi o depósito do carro (37 €), já a pensar que iria fazer uns 500 Kms nesse dia todo, pois já que tinha alugado o carro, só o largava bem à noite para dormir.
Fomos então em direcção a Santana, quanto mais subíamos a ilha, mais frio ia ficando e mais estreitas as estradas. Já chegando a Santana, estava muita chuva, nevoeiro e frio. E por isso não deu para conhecer a vila do lado de fora do carro, tivemos de ver enquanto passava com a viatura. Continuamos o nosso caminho, agora em direcção a São Jorge. Chegamos rapidíssimo, mesmo em estradas de serra com curvas contra curvas e por isso apercebemos-nos que talvez conseguíssemos dar a volta à ilha toda num só dia. E assim o fizemos. Demos uma volta completa, parando nas seguintes vilas/cidades:
Santana, São Jorge, Arco de S. Jorge, São Vicente, Porto Moniz, Ponta do Pargo, Calheta, Ponta do Sol, Ribeira Brava e finalmente Funchal.
Eram 5 horas da tarde quando chegamos ao Funchal, não tinha gasto nem ¼ do combustível, e reparei que tinha feito cerca de 200 Kms com o carro, já a contar com voltas dentro das vilas. Isto quer dizer que a ilha é realmente pequena, pois o diâmetro em estrada, não chega a ter 200 Kms. Assim, aconselho a quem alugar carro na Madeira, ponham 10 € de cada vez, não façam a grande asneira que fiz que foi dar combustível à empresa de aluguer.
Durante essas voltas, almoçamos em São Vicente um belo de um Atum acompanhado com Batata e Batata Doce. Espectacular!!
Passamos por estradas tão estreitas que só passava um carro de cada vez, em curvas de serras apertadíssimas (eu que estou habituado a ver dessas coisas no norte de Portugal, fiquei impressionado). Ainda tive de fazer marcha-trás numa curva a descer para passar um autocarro. Magnífico, adoro estas coisas, parece que este é que é o meu dia de anos....
Até ao jantar passamos o tempo nas piscinas interiores mais uma vez, a relaxar.
À noite, fomos jantar ao Funchal num restaurante (31 €) onde comemos mais uma vez bolo do caco, de entrada comi mexilhão com camarão, a Raquel comeu Cocktail de camarão, o prato comi Espetada regional, a Raquel comeu Espada com banana. Excelente.
Após o jantar, uma vez que tínhamos carro ao nosso dispor, fomos dar uma volta para conhecer a noite do Funchal. Imensas luzes, entramos na via rápida para ver a serra iluminada. Lindíssimo. Ainda voltei até Ribeira Brava para ir vendo a paisagem à noite. Para lá, fui pela via rápida, para cá, vim pela nacional que ficava junto ao mar, a uma grande altitude e que por acaso o carro ficava do lado de fora da estrada, ou seja, via-se à nossa direita bem lá em baixo, o mar. Para mim, espectacular. Para a Raquel, assustador eheh.

Dia 10 – Dia de Descanso:

Hoje é o meu aniversário, onde resolvemos descansar. Saímos só até ao Fórum Madeira para fazer umas compras, almoçamos por lá (11 €) e voltamos para o Hotel para descansar. Tivemos na piscina interior, e ao jantar acabamos por comer no restaurante do hotel um buffet à maneira. Custava 15 € por pessoa com tudo à descrição, excepto bebidas. Acabou por ficar mais barato do que nos outros dias porque graças à Sra Rosário, pela sua simpatia, só nos cobrou o menu para uma pessoa, ficando assim em 19 €.
Após o jantar, para moer o bandulho, ainda fomos beber um cafezito. Nessa esplanada o Guilherme encontrou um amigo. Muito engraçado. Com a mesma idade (o amigo com mais 2 meses), mesma altura e cabelo também encaracolado. Muito brincaram eles, aos abraços, à apanhada. Muito giro, bela prenda de aniversário de final do dia.

Dia 11 – Regresso:

Hoje foi dia de arrumar a tralha toda, comprar lembranças para todos (75 €) (bem, todos todos não. Para os mais chegados!!), e dar uma última volta pelo Funchal. Comemos mesmo no McDonalds (10 €), demos mais uma voltita, o Guilherme correu atrás dos pombos mais uma vez, e pronto. Voltamos para o hotel, apanhamos um Táxi (25 €), apanhamos também o avião e chegamos a Portugal Continental.

Conclusões:

Nesta viagem, retiramos algumas conclusões, sendo estas:
  • Embora a viagem (passagem mais hotel com pequeno-almoço) tenha sido apenas 480 €, já os gastos feitos durante as férias foram largamente superiores (740 €), e como se deve ter percebido, não visitamos tudo, nem esbanjamos dinheiro desnecessariamente, também não sendo demasiado forretas.
  • Isto quer dizer que a vida na Madeira não é nada barata. Alguns exemplos: A fruta local custa no mercado mais de 3 € o Kg, como os morangos, cerejas e mesmo as bananas ultrapassam 1 €. É realmente estranho porque há bananas em todo lado. Acredito que os madeirenses devam ter bananas a dar com um pau, e que apenas os turistas compram, daí os preços serem tão altos.
  • Em 5% dos restaurantes (com comida típica portuguesa) da ilha consegue-se almoçar por menos de 13 €. Todos os outros ultrapassam os 15 € por pessoa. Mesmo fora de Funchal, no interior é tudo igual. Caríssimo a meu ver.
  • No hotel onde estávamos, também estavam hospedados muitos madeirenses, que não percebi bem porquê, uma vez que consegue-se dar a volta toda à ilha em 4 horas, qual é a necessidade de ficar num hotel?
  • Parece-me que aqui todos têm guita a sério, porque é tudo caro. Até nos supermercados (Pingo-Doce reina na Madeira) as coisas são mais caras (excepto o que passa em promoção na televisão, por razões óbvias).
  • O clima varia bastante por toda a ilha, por exemplo quando fomos dar a volta à ilha, no Funchal (zona sul) estava um dia de sol e calor, enquanto que em Santana (zona norte) estava um dia de chuva e frio. Ou seja, quando se vem à Madeira pode vestir-se roupa de Verão, colocar sempre protector (mesmo sem sol isto queima a valer) e trazer também um casaco, mas as diferenças não são só entre norte e sul, no mesmo local pode variar durante o dia também. Talvez por isso é que a ilha de um modo geral é lindíssima!
  • A qualidade das estradas supera e muito as estradas de Portugal continental. Aliás, parece que estamos em Espanha. O J. Jardim até pode roubar muito dinheiro ao 1º Ministro, mas sabe aplicá-lo e bem. Não existem remendos na estrada, é só tapetes (tirando alguns locais do interior). Tudo muito bem sinalizado, construções novas. Até os passeios estão a substituir. As pedras de calçada vão ficando sujas com cola das árvores, e a câmara municipal, o que faz é por pedra nova.
  • Não se deixem enganar. Os melhores bolos do Caco, são os que são vendidos em Quiosques e feitos à nossa frente. Nos restaurantes não tinham nada a ver. Alguns até nem eram maus, mas a massa do pão era sempre diferente.
  • A diferença entre o vinho da madeira seco e doce está apenas na uva, mas ambos se devem beber como aperitivo ou digestivo e não juntamente com a refeição. A não ser que algum masoquista o queira experimentar, beber meio litro de vinho da madeira à refeição. A seguir sempre se pode ir deitar, ou conhecer o Sr. Gregório :)
E é tudo. Não tenho mais nada a dizer em relação às férias, a não ser que valeu a pena.

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Férias a chegar

Estão quase!!

Hoje é o último dia de trabalho....sexta-feira lá vou ter com o Sr. Alberto Jardim provar o queijo flamengo. Ah pois, o queijo é nos Açores, mas não faz mal. O que interessa é que vou estar de férias!

Têm sido uns dias complicados, quer no trabalho quer fora. Ainda pra mais depois do "toque" da semana passada. Enfim, vou mas é esquecer o assunto.

Alguém tem sugestões de visita para a Madeira? Vou partir para a aventura. Aceito qualquer coisa desde que o Guilherme também possa.

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Acontecimentos

Bem, já ando a escrever este post desde segunda-feira, mas devido ao facto de ter entrado num cliente novo, ainda não tive tempo de o terminar, e daí sair só agora.

Este fim de semana, embora tenha sido aborrecido devido à chuva, ainda houveram alguns acontecimentos. E eu achei melhor resumir tudo num só post.

Aniversário
Este Sábado o meu pai fez anos. É verdade! Fez 54 anos. Convidou irmãos, pais e filhos (óbvio) para um almoço familiar. Comemos num restaurante que ainda não falei aqui, nem vou falar agora que só isso necessitava de um post. Mas resumindo, comemos mesmo à grande. A família do meu pai, é tudo pessoal que come pouco, e então aquilo tornou-se um exagero, no entanto mais vale termos a mais do que passar fome.

Bolo batizado
Este fim de semana resolvemos descongelar o resto do bolo de batizado do Guilherme. Ainda estava muito bom, mesmo com 7 meses.

Domingo
Dei por mim a pensar que preciso de comprar vestuário. Isto não é normal em mim, para eu pensar nisto é porque realmente estou mesmo a precisar. É que eu só costumo comprar roupa/calçado quando a que tenho se estraga. É que eu não penso em comprar roupa quando:

- A que tenho está velha (está velha, mas em bom estado, por isso ainda serve)
- A que tenho deixa de me servir (isso é culpa minha, logo sou eu que tenho de me esforçar para esta voltar a servir)
- Encontrei uma peça barata (até pode estar barata, mas se não preciso para que é que compro?)

Portanto, só compro quando realmente preciso. Assim, aproveito para deixar aqui uma lista para algumas pessoas :) pode ser que tirem ideias, sim é que faço anos daqui a menos de um mês, nunca se sabe se não receberei daqui alguma coisa, nem que seja da minha querida esposa. Então aqui vai:

- Boxers (daqueles grandes largos e não dos justinhos), tamanho normalmente L ou XL depende do modelo
- Sapatos de fato, pretos ou castanhos (calço o nº 44)
- Camisas de fato, de preferência claras (L ou XL)
- Camisas de uso casual, mas que dê para levar para o trabalho (L ou XL)
- Pólos (L ou XL)
- Ténis de ginásio (de ginásio significa que não precisa de ser nada vistoso, uma coisa muito simples de pano, pois é para encher de suor mesmo...)

E daqui, é o que me recordo agora :)

Hoje (Segunda-feira)
Hoje de manhã, ao deixar o Guilherme, fez a mesma "birra" que na semana passada. Quer ficar com os pais. Fica mal habituado, coitadinho. 2 dias seguidos com os pais dá nisto. Os pais tb ficam cheios de saudades, mas enquanto não ganharmos o Euromilhões, não podemos fazer nada.

Trabalho
Hoje, (segunda-feira) como já disse começei um projecto novo num cliente novo. Não vou falar em detalhes nem nada parecido, só quero deixar aqui o registo. Vim para o cliente Estradas de Portugal que fica junto à Ponte 25 de Abril, no lado sul da mesma. A sala onde estou tem uma vista magnífica para o rio, e pronto é só.

Ontem (Ontem mesmo, terça-feira)
Depois de dar banho ao meu pequeno grande Guilherme, estavamos a vesti-lo quando a mãe se lembra de dizer ao menino para dar "um beijinho ao papá", coisa que ele nunca tinha feito por não saber o que era. E não é que ele se aproximou de mim, encostou a boca na minha cara e fez o som de beijo? Babei-me todo de orgulho, mas para me certificar de que não foi coincidência, voltei a pedir e ele voltou a dar. Ao fim de 10 minutos voltei a pedir e ele voltou a dar. Fiquei mesmo babado :)
Só para ficar registado, actualmente o Guilherme tem 19 meses.

E é tudo por esta semana.

terça-feira, 4 de maio de 2010

Novidades do Guilherme

O meu pequeno grande Guilherme esta semana surpreendeu-nos com uma novidade, mas antes explicarei o que é costume fazer:

Durante a semana, antes de irmos para o trabalho, deixamos o Guilherme em casa dos tios. Fica lá durante a manhã, brinca com os tios e com a prima Marta que tanto adora. Também brinca com a prima Cátia, mas como é a Marta que está em casa de manhã, é normal ele chamar sempre por ela.
À hora de almoço, os meus pais vão busca-lo, e já passa o resto da tarde em casa dos avós. Lá para Setembro é que vai fazer amigos da idade dele.

Mas pronto, isto para dizer que todos os dias de manhã, até sexta-feira passada, o Guilherme ficava com a tia sempre com um sorriso e já a chamar pela prima.
Já nesta Segunda-feira, assim que o passei à minha tia, ele olhou para mim, chamou por mim e chorou. Queria ficar comigo, coitadinho. Deu-me um nó na garganta......eu já esperava que este dia estaria para chegar e lá tive de engolir em seco e deixa-lo lá.

Pensava que seria só ontem por estar rabugento, mas não. Ontem à noite também só me queria a mim e o meu colo. Estava com saudades minhas :)
Hoje fez muito parecido. Mais uma vez não queria ficar na tia, mas sim comigo.

Para já não são birras grandes, e espero que não passe disto, mas já estou a ver o filme todo quando chegar a Setembro. Logo se verá...mas que doeu, lá isso doeu.

Aproveito também para deixar um vídeo que recebi num email, que achei muita piada e que como pai me encaixei a 100%. Também passei por isso e fez-me lembrar desses tempos que não foram assim há tanto tempo.

Fiquem com ele:


segunda-feira, 26 de abril de 2010

Restaurantes - Os Magníficos

Este sábado resolvemos ir almoçar ao que era o restaurante mais caro/fino de Alverca à coisa de 10 anos. Hoje em dia já não é bem assim. Já existem outros de igual ou superior qualidade. O restaurante "Os Magníficos". Não foi a primeira vez que lá fomos, já lá fomos muitas vezes, no entanto desde que criei esta rubrica no blog, é a primeira vez.

E então resolvi fazer uma crítica (para quem não sabe, criticar pode ser tanto pela negativa como positiva) ao mesmo.
Normalmente quando lá vou, costumo pedir lombo no forno ou açorda de marisco ou arroz de marisco que considero dos melhores pratos deles.

Mas desta vez, em sugestão de um amigo procuramos por caril de gambas. Uma vez que uma dose não dava para 2 pessoas, pedimos também meia de bacalhau com natas.
Resumindo, o bacalhau estava muito bom, o caril também mas as gambas.....nem vê-las. Não era caril de gambas, mas sim caril de miolo de camarão. Atenção que me esqueci de dizer que este restaurante é uma marisqueira. Portanto imaginem a minha surpresa quando nos apresentam um tacho com um litro de caril, e lá dentro no fundo estava o tal miolo de camarão. Mas só dei com o miolo quando passei com a colher no tacho.

Uma bela de uma desilusão! O molho até não estava mau, só que não satisfaz o estômago. A não ser que eu tivesse bebido aquilo tudo :) Enfim....vou ter de perguntar ao meu amigo que deve ler isto. (não é Sr. "T"!!) se também era assim servido.

Para acompanhar a comida pedimos um branquinho João Pires muito bom.

Finalmente, aconselho irem ao restaurante mas continuo com o lombo e a açorda/arroz de marisco. Não experimentem o caril, a não ser que não liguem a gambas :)

Relativamente a preços, pensava que me saía mais caro, pois se não fosse o vinho o preço até nem era muito alto. Daí eu ter dito que já não é o mais caro de Alverca há algum tempo.

Deixo então o breve resumo do restaurante....é bom, mas sem o caril.

Em relação ao restaurante:

Restaurante com grande diversidade de especialidades regionais, ambiente acolhedor e três salas de refeições..

Especialidades:
Peixe: Bacalhau à Magníficos; Bacalhau à lagareiro; Bacalhau com natas; Açorda de marisco; Arroz de marisco.
Carne: Arroz de pato; Gambas à Guilho; Escalopes à Zingara; Cabrito assado no forno.

Qualidade (0 - Pior Qualidade; 5 - Melhor Qualidade): 4
Quantidade (0 - Menor Quantidade; 5 - Maior Quantidade): 3
Preço (0 - Barato; 5 - Caro): 3+

Infos:

Restaurante "Os Magníficos"
Localização "Google Maps"

terça-feira, 20 de abril de 2010

Robô dobra toalhas sozinho

É o futuro a chegar, só me admiro de não ser a Google a cria-lo :) já que já está incorporada em algumas TVs digitais, só faltava mais um pouco.

Agora fico a aguardar pelo robô que faça massagens aos pés quando chego a casa. Assim, escusava de aguardar pela boa vontade da minha Maria. Não estou a ser machista ok? Eu também lhe faço massagens, mas digamos que o robô faria a nós os dois :) Isso é que era.

Quem quiser inventar uma coisa dessas, não me importo de ser cobaia.


segunda-feira, 19 de abril de 2010

Maratona do Emagrecimento - Parte II

Ora bem,

continuando com a maratona do emagrecimento...

Ontem de manhã lá saltei para cima da balança e não é que tinha perdido peso? Não estava nada à espera.

Da última vez que falei aqui sobre isto pesava 99,4 Kgs. Na altura tinha como objectivo pesar 98,9 Kgs e consegui chegar aos 98,8 Kgs.

Mesmo assim, nestas semanas que passaram já pesei mais do que os 99,4 Kgs, mas tem explicação.

Sempre que faço exercício, se me for pesar logo a seguir, estou mais pesado. Isto porque no Indoor Cycling pratica-se muito exercício nas pernas que contém os músculos maiores. Uma vez que saio de cada aula todo partido, é natural que tenha esses músculos inchados, daí pesar mais.

Além do exercício, a minha dieta mantém-se em tentar evitar ao máximo os fritos, doces e cerveja, mais nada. Não quer dizer que nunca os coma/beba, mas tento ter cuidado com isso.

Agora, o meu próximo objectivo é para Sábado que vem, pesar menos do que agora, mesmo que seja apenas 100 gramas. Até porque tenho de pensar que os músculos continuam a inchar, portanto até posso perder cintura, mas não quer dizer que perca muito peso.
Portanto para mim o ideal seria pesar 98,5 Kgs no Sábado ou Domingo, mas se pesar 98,7 já fico satisfeito.

Vamos ver até onde consigo chegar. Brevemente trarei novidades.

terça-feira, 13 de abril de 2010

Mudança de serviço de TV/Net/Telefone

Este fim de semana, mudei de fornecedor de serviço net, tv e telefone. Resolvi experimentar o MEO. Tenho uma box na sala e todas as outras televisões (que na realidade é só mais uma na cozinha) apanham todos os canais.

A box era opcional, podia não ter. No entanto, a ideia de poder gravar as séries e programas para ver mais tarde, era boa demais para não ter.

Assim, foram lá os tipos da MEO fazer essas instalações todas. Até agora tenho melhor impressão do que com o anterior fornecedor (clix), que além de agora ser por fibra óptica (ou seja, nunca falha ou não devia falhar), o telefone é gratuito para números começados por 2... e pago exactamente o mesmo que pagava antes.

Fizeram-se os testes todos e ficou tudo a funcionar na perfeição.

Houve apenas um problema.....que eu desconhecia na altura. Parece que a caixa de telefone exterior é comum à do meu vizinho (meu tio), e os tipos mexeram lá, de tal forma que ele ficou sem telefone.

Se eu soubesse que era comum, não os tinha deixado ir embora sem confirmar que o meu tio continuava com telefone. Mas também acho que eles perceberam que a caixa tinha ligação para mais de um telefone. Por isso, acho que a culpa foi inteiramente deles.

Falei com a PT sobre o problema e a resposta que tive foi que tinha de ser o titular do outro telefone a ligar. Não faz sentido, porque foi por "minha" causa que o telefone dele deixou de funcionar, mas enfim. O meu tio já ligou para eles, que disseram que o problema iria ser resolvido o quanto antes. Veremos...

Cá em casa, vou continuar com os meus testes à box, net e telefone para ver se realmente gosto do serviço.

Quanto à net, tenho mais um problema que é o seguinte: O local onde costumo trabalhar com internet fica 2 pisos acima do router Wireless. Com a clix, eu precisava de um powerline que mesmo assim falhava imensas vezes. Com a MEO, esse powerline nem sequer funciona. Ando à procura de sugestões.

Aqui no trabalho, o helpdesk (Henrique) aconselhou-me a comprar um Access Point (Ponto de Acesso) para colocar a meio caminho (no piso acima do Router).

Alguém tem outra opinião?

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Maratona do Emagrecimento

Em Fevereiro decidi que tinha mesmo de perder peso, então eu e a minha mulher inscrevemo-nos no ginásio e limitamo-nos a ir a aulas de ginástica, nomeadamente Indoor Cycling. Eu porque preciso mesmo de perder peso, a minha mulher porque quer ganhar resistência para não se sentir tão cansada sempre que se levanta.
Para que isto funcione para os dois, fazemos da seguinte forma:
- Após a aula, a minha mulher come uma boa refeição, porque não pretende perder sequer uma grama. Já eu, como uma coisa leve. Uma vez que fico cheio de calor, apetecem-me coisas frias, e então tenho optado por comer 2 ou 3 peças de fruta batidas com leite magro e junto cereais para ter fibra.
Temos feito 2 aulas semanais.

Mas o que quero aqui deixar é as minhas marcas ou objectivos pretendidos. Assim, eis a minha estatura:

Tenho 1,81 m, estrutura óssea larga ou seja, tenho os ombros e anca largos. Portanto, na melhor das hipóteses deveria pesar 85 Kgs já a contar com alguma massa muscular que eventualmente ganharia com o exercício.
Tenho-me pesado todos os sábados de manhã.
Antes de começar no ginásio pesava 103,* Kgs. Bem pesadote, para não dizer gordo.

Ao fim de 3 semanas pesava 100,7 Kgs. Tinha como objectivo no Sábado seguinte pesar 99,9 Kgs. Pois bem, pesava 99,4 Kgs. Objectivo cumprido.

Isto foi à 15 dias atrás. Uma vez que no fim de semana passado foi Páscoa, estas duas semanas não têm sido das melhores. No entanto, tenho como objectivo amanhã pesar 98,9 Kgs. Vamos ver....

E é isto que tenho para dizer.

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Restaurantes - O Redondel

Ontem, eu e a minha Maria para não dizer que não festejamos o dia dos namorados (sim, porque nós achamos que isso é puro Marketing), fomos jantar a um restaurante que nunca tínhamos ido. Fica em Vila Franca de Xira dentro da praça de Touros e chama-se "O Redondel". Trata-se de um restaurante não muito grande, decorado rusticamente e com um serviço de pessoal de excelente qualidade.
A comida também não era nada má, eu comi Bife de Toiro à "Marrare" e a Raquel comeu Lombinhos de Porco Preto em Ananás e Gambas.

Estava pura e simplesmente espetacolher. De sobremesa provei um doce que não se encontra no site deles, e que se chama Pudim de pão e maçã. Que delícia, e bem servido uma boa fatia. Quase que passa à frente do meu doce favorito (bolo de bolacha). Bebemos um vinho rosé, comemos entradas e pronto, foi o nosso jantar.

Agora relativamente ao preço, não me importava nada de lá ir comer todos os dias. Era sinal que tinha ganho o Euromilhões ou tinha achado uma mala cheia de notas de 500 €. É realmente puxadote, e o que estamos a pagar a mais é a qualidade do serviço. Dêem uma espreitadela no site, e só pela música já ficam a perceber que tipo de restaurante é.

Resumindo, fiquei de barriga bem cheia, com um serviço impecável, só faltava segurar na cadeira da Raquel e tirar os nossos casacos lol. Agora é preciso ter alguma atenção à carteira. Saí de lá com menos 60 € da conta :)

Mas valeu a pena. Só tive mais pena ainda da minha Maria estar doentita. Não conseguiu gozar bem o prato. Ficará para uma outra altura.......lá bem distante.......

Enfim. Aconselho para quem possa, claro.

Em relação ao restaurante:

Com mais de 30 anos de história, o restaurante "O Redondel" é classificado como restaurante típico de 1ª, sendo presença nos mais diversos guias gastronómicos e sugestões de visita nacionais e internacionais.

Especialidades:
Peixe: Bacalhau à Redondel, Fritada mista; Linguadinhos fritos; Sável com açorda de ovas; Lampreia; Ensopado de enguias; Peixe fresco para grelhar e Açorda de marisco.
Carne: Mãozinhas de vitela de fricassé; Galinha de cabidela; Bife à Marrare; Cabrito no forno à Redondel; Pézinhos de porco de coentrada; Pato com arroz no forno e Carne grelhada.
Doces: Trouxas de ovos; Pudim de laranja e Leite creme.

Qualidade (0 - Pior Qualidade; 5 - Melhor Qualidade): 5
Quantidade (0 - Menor Quantidade; 5 - Maior Quantidade): 3
Preço (0 - Barato; 5 - Caro): 5

Infos:

Restaurante "O Redondel"
Localização "Google Maps"

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Novidade Fresquíssima

Embora ultimamente não tenha tido tempo para postar aqui seja o que for, não podia deixar passar esta notícia em vão. Notícia esta que me deixa muito contente e por esse motivo, aqui estou eu, a adiar 20 minutos do meu trabalho para partilhar convosco esta felicidade!! Então aqui vai.

Esta segunda-feira eu e a Raquel tivemos de férias por outras questões não relacionadas com este assunto. Tivemos a tratar de assuntos que não poderiam ser tratados ao fim de semana. E por isso, pedimos aos nossos queridos grandes melhores amigos que, caso tivessem disponíveis, tomassem conta do nosso filhote por umas horas enquanto nós resolvíamos os assuntos.

Após resolvermos tudo, fomos ter com eles e qual não foi a surpresa que nos deram....estão à espera de bebé :) :)
Fiquei muito feliz tanto por eles como por mim :) pois a minha felicidade também passa por ver os meus amigos felizes.

Mas não fica por aqui! Convidaram-nos para sermos os padrinhos da criança. Ainda nos deixou mais felizes!! Confiarem-nos uma criança é...
É confiarem-nos a sua vida.
É um acto de pura e verdadeira amizade.
É o mesmo que dizer que estamos no seu coração, fazemos parte da sua vida.

Ficamos mesmo muito muito contentes!!!

Em meu nome e em nome da minha Maria, muito obrigado.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Feliz 2010!!

Olá a todos!

Desde o ano passado que não punha aqui os pés. Tenho andado ocupado, e quando realmente tenho mais algum tempo livre não me lembro do meu rico blog.

Enfim, passei por cá só para dizer um olá, não me ocorre nenhum tema neste momento. Também não tenho ido a restaurantes (pelo menos diferentes dos que já referi).

O que posso dizer mais.....

Como foi o Natal e a passagem de ano? Ambos passaram-se. Este ano o Natal sempre foi um pouco mais diferente, pois o meu pequeno grande Guilherme já corria tudo, e quando foi altura dos presentes.....que alegria! Nem sabia por onde se virar.

A passagem de ano foi mais simples. Este ano ainda quisemos passa-la com o Guilherme, e obviamente ele pediu leitinho e caminha por volta das 00:30, 01:00. Lá fomos nós para casa bem cedinho.

Sem mais assunto para já, desejo a todos os meus poucos mas bons leitores, um bom ano 2010!